Sociedade civil católica, destinada à difusão da Cultura Ocidental e à atuação política em defesa da família, em observância à Doutrina Social da Igreja.

Nota do Instituto Jackson de Figueiredo sobre a Liga Cristo Rei

Instituto Jackson de Figueiredo

É notória nossa participação ativa na Liga Cristo Rei, desde pouco depois do seu I Fórum Nacional (2017), organizado pelo Centro Dom Bosco. A proposta de unir católicos sérios, sem sectarismos, para lutar em defesa da Realeza de Cristo, nos empolgou e instigou a nos dedicarmos ao IJF, fundado em 2016.

De lá para cá, tanto a LCR quanto o IJF se desenvolveram, graças a Deus, desenvolvendo também alianças e iniciativas gratificantes entre seus membros, facilmente verificáveis em nossos ambientes.

Contudo, se por um lado nosso amadurecimento permitiu que desenvolvêssemos posições cada vez mais claras acerca da situação da Igreja e de outras questões polêmicas, expostas em nossas aulas e ações públicas, por outro o crescimento da Liga e as dificuldades inerentes à aliança com iniciativas distantes, independentes e espalhadas por uma nação continental afligida pela confusão mundano-eclesial não permitiu que o amadurecimento fosse harmônico entre todas as partes. Dificuldade não ignorada por membros eminentes da Liga e as quais esperávamos atenuar progressivamente.

Nossos esforços para encontrar um termo comum de atuação foram consignados nos marcos doutrinais que estabelecemos [1], quanto ao que rejeitamos, toleramos e recomendamos, princípios que são públicos e sugeridos a todos os apostolados com quem travamos contato, especialmente os centros da LCR, pois consideramos tais marcos a necessária cristalização e balizamento do louvável “carisma” da Liga.

Porém, as dificuldades revelaram-se aparentemente insanáveis quando julgamos necessário censurar publicamente os erros contra a Fé do sr. Olavo de Carvalho, após uma escalada de tensões pública entre diversos envolvidos. Erros os quais já havíamos exposto em aula [2] e aparentemente consensuais no grosso da Liga, embora sem clareza. Infelizmente, o tratamento público da questão revelou-se fonte de graves incompreensões mútuas entre os integrantes da LCR, que se viram instados a tomar alguma posição, mas em geral se recusaram a dizer publicamente o que pensam.

Para não nos alongarmos nem trazer a público conflitos internos, cabe simplesmente dizer que a crise interna assumiu proporções inadmissíveis para a união que nos propusemos, sendo nossa permanência na Liga insustentável diante das dificuldades de compreensão mesmo quanto aos princípios que assumimos.

Assim sendo, julgamos que a melhor decisão a tomar perante todas as partes envolvidas e àqueles que confiam em nosso trabalho, seja afastar-se da nossa participação na Liga Cristo Rei, sem previsão de retorno.

Não chegamos a tal conclusão sem grande pesar, o que nos consola é pensar que assim será melhor para todos. Amamos a Liga e especialmente todos aqueles com quem fizemos amizades e lutamos juntos durante este tempo, amizades as quais esperamos conservar, sem porém nunca omitir ou sacrificar a verdade conhecida. Esperamos também estar sempre unidos em orações e que possamos um dia resolver as questões abertas, mas até lá, continuaremos com nossas atividades regulares de maneira independente e apoiaremos as atividades verdadeiramente apostólicas dos centros, embora nós não mais assumamos qualquer atitude como integrante da Liga.

Por fim, prestamos nossa solidariedade ao prof. Carlos Nougué, que tanto se dedicou à LCR e nos ajudou em todo esse tempo, mas que há pouco tornou pública uma dramática ruptura.

Sem mais, que viva Cristo Rei!

Os membros do Instituto Jackson de Figueiredo.
Aracaju-SE, 16 de março de 2020.


[1] Aula “Marcos doutrinais para um apostolado em tempos de crise”: https://www.youtube.com/watch?v=fWRbp5NYqi8

[2] Expusemos a concordância inegável de algumas teses de OdC com a heresia modernista condenada por S. Pio X na aula “O modernismo teológico” (https://www.youtube.com/watch?v=d2MwMLR2JPo), como comprovação da atualidade da questão nos meios ditos católicos.

Boletim informativo do IJF
Receba, gratuitamente, no seu e-mail, nossas atualizações semanais.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.