Sociedade civil católica, destinada à difusão da Cultura Ocidental e à atuação política em defesa da família, em observância à Doutrina Social da Igreja.

Vida de São Jacinto

Francis Mershman, Enciclopédia Católica

Dominicano, chamado de Apóstolo do Norte, filho de Eustáquio Konski da nobre família de Odrowaz; nascido em 1185 no castelo de Lanka, em Kamin, Silésia, Polônia (agora Prússia¹); morreu em 15 de agosto de 1257, em Cracóvia. Festividade: 16 de agosto [Nota do IJF: comemora-se atualmente em 17 de agosto]. Parente próximo de São Ceslaus, ele estudou em Cracóvia, Praga e Bolonha. Neste último lugar, mereceu o título de Doutor em Direito e em Divindade. Ao retornar à Polônia, recebeu uma prebenda em Sandomir. Mais tarde, acompanhou seu tio Ivo Konski, bispo de Cracóvia, a Roma, onde conheceu São Domingos, sendo um dos primeiros a receber de suas mãos (em Santa Sabina, 1220) o hábito da recém-criada Ordem do Frades Pregadores. Depois do noviciado, fez sua profissão religiosa e foi superior da pequena rede de missionários enviados à Polônia para pregar. Ao longo do caminho, ele estabeleceu um convento de sua ordem em Friesach, Caríntia. Na Polônia, os novos pregadores foram recebidos favoravelmente e seus sermões frutíferos e abençoados. Jacinto fundou comunidades em Sandomir, Cracóvia e em Plocko, no rio Vístula, na Morávia. Ele espalhou seu trabalho missionário pela Prússia, Pomerânia e Lituânia; então cruzou o Mar Báltico e pregou na Dinamarca, Suécia e Noruega. Entrou na Baixa Rússia (ou Rússia Vermelha) e estabeleceu uma comunidade em Lemberg e outra em Haletz, no Mester; Foi para a Moscou e fundou um convento em Dieff, chegando às margens do Mar Negro. Em seguida, voltou para Cracóvia, que era o centro de suas atividades. Na manhã de 15 de agosto, assistiu às matinas e à Missa, recebeu os últimos sacramentos e teve uma santa morte. Deus glorificou seu servo por inúmeros milagres, dos quais os registros preenchem muitas páginas da Acta SS., Agosto, III, 309. Ele foi canonizado pelo Papa Clemente VIII em 1594. Parte de suas relíquias está na igreja dominicana, em Paris.


¹ Considere-se que este artigo foi escrito em 1910.

Bibliografia:

BUTLER, Lives of the Saints; KNOPFLER in Kirchenlex.; HEIMBUCHER, Die Orden u. Kongreg., II (Paderborn, 1907), 110, 154; BERTOLOTTI, Vita di San Giacinto (Monza, 1903); Lebensbeschr. der Heil. und Sel. des Dominikanerordens (Dulmen, 1903); FLAVIGNY, H. et ses compagnons (Paris, 1899).


Fonte: Mershman, Francis. “St. Hyacinth.” The Catholic Encyclopedia. Vol. 7. New York: Robert Appleton Company, 1910. 16 Aug. 2020 <http://www.newadvent.org/cathen/07591b.htm>.

Traduzido por Leonardo Brum a partir da versão espanhola, disponível em <http://ec.aciprensa.com/wiki/San_Jacinto>.

[Segue abaixo oração ao santo, por ocasião de sua festa, a 16 de agosto, extraída do Missale Romanum, Ed. Vozes, 1943]

OREMOS

Ó Deus, que todos os anos nos alegrais com a festa do bem-aventurado Jacinto, vosso Confessor, na vossa bondade, concedei-nos a graça de imitrarmos as ações daquele, de quem celebramos o nascimento no Céu. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Boletim informativo do IJF
Receba, gratuitamente, no seu e-mail, nossas atualizações semanais.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.