Sociedade civil católica, destinada à difusão da Cultura Ocidental e à atuação política em defesa da família, em observância à Doutrina Social da Igreja.

Primeiro Domingo do Advento

D. Crisóstomo d’Aguiar

Desde o princípio do Ano eclesiástico o pensamento central de todo o Ofício é a vinda do Senhor. O Evangelho aponta-nos para o dia supremo do mundo, que, todavia, devemos esperar com confiança, pois, no Natal, como então, Jesus recompensará os que por Ele suspiram e O esperam, e ninguém será confundido (Introito). Preparemo-nos para essa dupla vinda de misericórdia e de justiça; saiamos da sonolência espiritual, despojemo-nos do pecado, afim de, estando prontos para receber a Cristo como Salvador (Epístola), o recebermos tranquilamente como juiz no tremendo dia (Evangelho).

Sol de Justiça, Jesus Cristo levantar-se-á, pois, outra vez no mundo, para nos ensinar seus caminhos e preceitos, e nós, seguindo-O, furtar-nos-emos à condenação que nossas culpas merecem (Oração). Com santas aspirações, e principalmente com vida perfeita, vamos receber o nosso Libertador. Está no seu fim a noite do mal, e aproxima-se o dia de salvação. Nosso Senhor vem visitar-nos e estabelecer no meio de nós a sua morada. Recebam-no os nossos corações!


Segue abaixo texto com o próprio da Missa do Primeiro Domingo do Advento.

Boletim informativo do IJF
Receba, gratuitamente, no seu e-mail, nossas atualizações semanais.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.