Sociedade civil católica, destinada à difusão da Cultura Ocidental e à atuação política em defesa da família, em observância à Doutrina Social da Igreja.

Oitavo Domingo depois de Pentecostes

D. Crisóstomo d’Aguiar

Introduzidos no círculo de família da augusta Trindade (Epístola) pelo Espírito de adoção que nos constitui filhos do Pai, irmãos co-herdeiros de Cristo, devemos viver vida divina, aqui na terra; porque ela é o penhor da herança celeste, a graça e misericórdia que o universo não se pode cansar de bendizer (Introito). Filhos de Deus, podemos dizer com verdade: “Pai Nosso”, visto que nos deu a vida (Oração); mas é mister vivermos segundo a sua vontade, sermos perfeitos como o Pai celestial é perfeito. Como o rico proprietário (Evangelho) que antes de dar sua parte de herança ao filho, quis por à prova a sua capacidade administrativa, confiando-lhe coisas de pouco valor, Deus, antes de fazer de nós herdeiros do Céu, quis provar a nossa fidelidade, confiando-nos na terra a gestão de bens de ordem temporal e espiritual. Mas, como o ecônomo de que fala Jesus, nós fomos infiéis, dissipando pelo pecado as riquezas e talentos que nos foram dados em depósito. É preciso, daí, que, rivalizando agora em zelo com os filhos do século, filhos da luz, imitemos a previdência do intendente sem probidade que, com os bens do senhor, se preparou amigos que o acolheriam nos dias maus. Utilizando o que Deus nos concedeu, façamos o bem, e especialmente por nossas esmolas asseguremo-nos o testemunho que os pobres darão aos seus benfeitores no momento em que todos terão de dar contas de sua administração ao divino Juiz. Prudentes como os filhos da luz, façamos morrer obras e afeições desordenadas, para vivermos, para assim dizer, deificados. Por desejos, gritos de filial oração, renúncias ao mal, alegria santa, testemunhemos a presença do Espírito em nós (Epístola). Cresça a esperança de sermos herdeiros do Céu (Gradual), na cidade de Deus, onde ressoará sem fim o eterno Aleluia.


[Segue abaixo o texto do próprio da Missa do Oitavo Domingo depois de Pentecostes.]

Boletim informativo do IJF
Receba, gratuitamente, no seu e-mail, nossas atualizações semanais.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.